Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Estoque de perícias de balística cai quase 80 por cento

Redução aconteceu na Seção de Identificação de Armas de Fogo

Publicação:

Perita criminal realiza análise para identificação de arma de fogo
Perita criminal realiza análise para identificação de arma de fogo - Foto: Divulgação
Por Ascom/IGP
Gráfico mostra a redução do estoque de perícias
Gráfico mostra a redução do estoque de perícias

O estoque de perícias para identificação de armas de fogo no Departamento de Criminalística do IGP caiu 78% nos últimos dez meses. Em dezembro de 2018, havia 1172 armas aguardando esse tipo de perícia na Seção de Identificação de Armas de Fogo, da Divisão de Balística Forense. No final de outubro, o estoque caiu para 267. A Seção realiza os exames periciais que revelam a numeração identificadora das armas. Esse pedido é feito pelas autoridades, quando são apreendidos revólveres e outros armamentos com a numeração raspada. A perícia é feita com base em exames químicos-metalográficos, também usados na identificação de chassis adulterados.

Segundo a Diretora do Departamento de Criminalística, Sheila Wendt, as principais razões para a diminuição do estoque são o gerenciamento das cargas de trabalho, o que repercutiu na produtividade dos peritos, e o aporte prioritário de horas-extras para a esta função.

RS SEGURO - a redução do tempo de realização das perícias é uma das metas do RS Seguro, programa transversal de governo que envolve ações na Segurança Pública. Em agosto as perícias em veículos tiveram redução de 60% (https://igp.rs.gov.br/estoque-de-veiculos-a-espera-de-pericia-cai-60 )

 

IGP-RS