Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

IGP atua em operação de combate à pornografia e abuso infantil

Pela primeira vez, perícia psíquica acompanha ação da Polícia Federal

Publicação:

O material recolhido segue em análise pelo IGP
Perita do Crai acompanha agente da Polícia Federal - Foto: Ascom/Polícia Federal
Por Ascom/IGP

O IGP participou, nesta terça feira (16), de operação conjunta da Polícia Federal no combate à pedofilia. Foram cumpridos seis mandados de busca e apreensão, em Porto Alegre e região metropolitana, contra suspeitos de produzir e compartilhar pornografia infantil pela internet. A operação, denominada Jinzô, tem por objetivo o combate ao abuso infantil.

A operação foi acompanhada por quatro peritos criminais do IGP, ligados ao Crai - Centro de Referência em Atendimento Infantil. O serviço, mantido pelo Instituto-Geral de Perícias, Secretaria de Segurança Pública e pela Prefeitura de Porto Alegre, realiza acompanhamento psicológico para vítimas de abuso. Os peritos identificaram, através de entrevistas feitas nos locais de apreensão, três possíveis vítimas de abuso. Foram encaminhados para o Crai duas crianças, de 11 e 13 anos, e duas maiores de idade. No local deve ser realizada a perícia psíquica, que formaliza a prova pericial. Os menores vão continuar recebendo atendimento. 

É a primeira vez que o IGP acompanha a Polícia Federal nesse tipo de operação, que resultou na prisão de três homens, pegos em flagrante com conteúdo pornográfico. Computadores e celulares foram recolhidos pela perícia para análise.

00:00:00/00:00:00

Agentes do CRAI e Polícia Federal

Perícia do IGP acompanha agente da Polícia Federal Crédito: Ascom/Polícia Federal

IGP-RS